A Religiosidade / Espiritualidade influenciam nossa relação com a natureza? Parece que sim!

Por Joelson Moura*

 

A religião está presente desde os primeiros momentos de nossa história na Terra, e é por meio dela que muitas pessoas lidam com os seus desafios diários, além de encontrar paz interior e sentido para viver. Para muitos estudiosos, a religião influencia muito de nossas práticas sociais, como quando procuramos pessoas para fazer amizade, ao comprar um produto em uma loja e/ou quando dividimos o nosso tempo entre o sagrado/divino e o humano/espiritual. Mas será que a religião também influencia as práticas humanas ligadas à sua saúde?  Vários estudos indicam que sim e de diferentes maneiras.  Foi o que alguns pesquisadores do INCT tentaram entender, mas considerando especificamente a prática de cuidar da saúde com plantas medicinais. Eles encontraram que sim, religiosidade/espiritualidade exerce um efeito sobre o conhecimento das pessoas sobre esses recursos terapêuticos.

 

Os pesquisadores utilizaram como modelo de estudo uma pequena comunidade rural no interior de Pernambuco. As pessoas da região conhecem muitas plantas que tratam principalmente inflamações — é de causar inveja até na minha avó, que sabe muito da coisa!

Os pesquisadores argumentam que os templos religiosos — no local predominam praticantes da religião Católica e Protestante — favorecem o laço entre as pessoas e a troca de experiências tanto sobre suas práticas religiosas quanto sobre o uso de plantas medicinais. A religião pode criar um forte laço social que une as pessoas e as deixam mais à vontade para compartilhar suas experiências. Os pesquisadores acreditam que o processo de socialização resultante do fenômeno religioso tenha contribuído para o cuidado e a manutenção do uso de plantas medicinais, por meio da interação entre as pessoas, na medida em que estas se engajam em suas práticas religiosas, facilitando a troca de conhecimento sobre plantas.

 

O interessante do estudo foi mostrar que a religião/espiritualidade pode ter um papel na humanidade muito maior do que imaginamos, refletindo também na natureza e no uso de alguns recursos naturais. Podemos supor, por exemplo, que outras práticas sociais, como participar de grupos escolares, políticos, artísticos ou do grupo de pesquisa do qual eu faço parte, podem influenciar a relação das pessoas com o ambiente.

 

Abaixo você encontra o link da página em que o artigo foi publicado.

          2018  

Religiosity/Spirituality Matters on Plant-Based Local Medical System

Journal of Religion and Health pp 1–13

Ulysses Paulino Albuquerque; Washington Soares Ferreira Júnior; Daniel Carvalho Pires Sousa; Rafael Corrêa Prota Santos Reinaldo; André Luiz Borba do Nascimento; Paulo Henrique Santos Gonçalves

https://link.springer.com/article/10.1007/s10943-018-0634-y

*Joelson Moura é doutorando em Etnobiologia e Conservação da Natureza (UFRPE) e integra o Laboratório de Ecologia e Evolução de Sistemas Socioecológicos (LEA) da UFPE. Tem como interesse científico a compreensão dos processos que contribuíram para a evolução da mente humana.

Lattes: lattes.cnpq.br/4073348755490283

  • w-facebook
  • Twitter Clean

Apoio